Superdotação - Potencial humano em favor de todos

Clipping Especializado

Exemplo de superdotação

Superdotada de 3 anos já sabe ler, escrever e fazer cálculos matemáticos

Emmelyn Roettger tem apenas 3 anos de idade. Ainda aparenta como uma criança de sua idade, mas já sabe ler, escrever e falar de temas complexos, além de contar até 100. Seu quociente intelectual (QI) é de 135 pontos. Para você poder comparar, estima-se que Albert Einstein teria 160.

Aos 15 meses começou a reconhecer as letras e aos 24 meses iniciou a ler e fazer cálculos matemáticos simples. É apaixonada por ciência, fala abertamente dos planetas, das estrelas e de como funciona o universo.

Emmelyn Roettger

Estas impressionantes habilidades lhe tornaram o membro mais jovem da Associação Internacional de Superdotados Mensa, fundada na Inglaterra em 1946 para pessoas superinteligentes. Para participar da Mensa é necessário ter pelo menos percentil 98, o que em uma relação de quociente intelectual seria 131 pontos. Por idade, o segundo membro da Mensa é Heidi Hankins, uma criança de quatro anos com 159 de QI.

Está gostando deste artigo?
Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber atualizações do site.

Michelle Horn e Glenn Roettger, pais de Emmelym, contaram ao TodayShow como descobriram a genialidade de sua filha. Quando Emmelyn era um bebê, os médicos lhe diagnosticaram com "retrasos não especificados" e advirtiram que a criança poderia ter autismo. Aos 9 meses de idade, contam, a menina parecia evitar o contato visual com eles e não se sentia atraída por brinquedos.

"Imaginei que minha filha precisava de óculos. E assim foi. De aí em diante começou a sua exploração". disse a mãe durante a entrevista. Durante a gravação, a pequena Emmelyn se mostrou mais interessada pela câmera do que por responder as perguntas.

Emmelyn vive como uma menina comum, mas ama ler. Tanto é assim que seus pais já não sabem de onde tirar mais dinheiro para comprar mais livros.

"Nós temos livros, mas ela quer mais, mais e mais", conta Horn, sua mãe.

Emmelyn Roettger

Relatam, também, que o pediatra considerava a menina como uma criança com problemas. Mas a mãe queria defender sua pequena. Sabia que ela era muito inteligente. Assim Emmelyn fez um teste de inteligência desenhado para crianças entre 2,5 e 7 anos. Surpreendentemente obteve resultados de 135 pontos. De imediato se dedicou a que sua filha fosse membro da Mensa.

Gostou? Então compartilhe!

Publicado em 09/09/2014

Fonte: Today

DEIXE SEU COMENTÁRIO

GOSTOU? COMPARTILHE!

TOP 5 DA SEMANA

FIQUE ATUALIZADO

Insira aqui seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do site!

CONTRIBUA COM O SITE

Insira aqui o endereço de matéria sobre superdotação que você pense ser interesse divulgar em nosso clippping.

LIVROS INDICADOS

Artigos | Clipping especializado | Livros | Links úteis | Contato